Task force on climate related Financial Disclosure (TCFD)

O relatório sobre as alterações climáticas é cada vez mais exigido pelo mercado e pelos investidores. O TCFD (Task Force on Climate-related Financial Disclosures) inclui diretrizes que ajudam a empresa a entender o impacto que o clima tem nas empresas.

Os temas recomendados pelo TCFD estão alinhados com os analisados pelo CDP (ex-Carbon Disclosure Project) e, por isso, a sua comparação fornece uma indicação de como o negócio da empresa impacta o clima (CDP) e como o clima afecta o negócio da empresa (TCFD).
Seguir as recomendações da TCFD permite à empresa identificar riscos relacionados com o clima e encontrar novas oportunidades na transição, medir a adequação da sua estratégia climática e denunciá-la aos seus stakeholders, especialmente aos investidores.

+
Elementos avaliados nos relatórios sobre os aspectos climáticos

GOVERNANÇA
Definição do papel do Conselho de Administração e da Direcção na gestão dos aspectos climáticos.

ESTRATÉGIA
Mapeamento dos riscos e oportunidades associados às alterações climáticas e seus impactos na estratégia e modelo de negócio.

GESTÃO DE RISCO
Definição do processo pelo qual a empresa identifica, classifica e gere os riscos e oportunidades das alterações climáticas.

MÉTRICAS E OBJECTIVOS
Definição de indicadores, metas e KPIs utilizados pela organização para quantificar e avaliar os impactos das alterações climáticas em relação à estratégia e gestão dos riscos. Avaliação e descrição de como a organização “actua” em relação aos seus objectivos.

 

 

Porquê recorrer a Carbonsink?

A fim de alinhar a estratégia de uma empresa com as recomendações do TCFD, a nossa abordagem envolve a definição dos 4 elementos centrais dos relatórios relacionados com o clima (governação – estratégia – riscos – métricas e objectivos).
O resultado final permitirá à empresa revelar os impactos financeiros relacionados com as alterações climáticas – identificados pela Task Force como tendo um papel-chave na melhor informação das decisões financeiras, investidores, financiadores e subscritores de seguros.