A Diplomazija Astuta é também especial na sua responsabilidade: pela primeira vez, uma obra de arte aplica uma norma internacional voluntária (ISO 14067:2018*) e certifica as emissões equivalentes de CO2 produzidas durante a sua construção e instalação através de verificação por terceiros, compensando depois essas emissões através de um projecto de protecção florestal.

É a primeira obra de arte do mundo neutra em carbono: uma norma internacional voluntária (ISO 14067:2018*) foi aplicada à sua construção, e as emissões equivalentes de CO2 produzidas durante a sua construção e montagem foram certificadas. Após identificar a forma de reduzir o impacto, as restantes emissões foram compensadas pelo financiamento do projecto de protecção florestal das Montanhas Ntakata na Tanzânia, que combina a protecção da biodiversidade com oportunidades de desenvolvimento e protecção dos direitos de gestão da terra para as comunidades locais.

“A arte tem a extraordinária capacidade de nos aproximar da natureza e de transmitir o valor da protecção ambiental através da emoção e da sugestão. É por isso que estamos orgulhosos de ter colaborado na neutralidade de carbono da obra”.

Andrea Maggiani (Founder e Managing Director Carbonsink)

Resultados

  • Sensibilização para o impacto ambiental;
  • Financiamento da acção climática;